Hoje é dia de Noel!

Nunca vou esquecer do dia em que virei para uma das minhas melhores amigas (na época, estávamos na escola) e falei que odiava Oasis.

A gente estava na porta do shopping e não lembro o contexto, claro. Mas era época da febre “Wonderwall”, praticamente todos os adolescentes matriculados nos cursinhos de inglês tinham aprendido a cantarolar essa canção e outros tantos aborrecentes entoavam um dos hinos da geração MTV. A mesma que havia amado com tanta força Nirvana e o seu Unplugged (quem nunca?).

A minha revolta com o Oasis era aquela típica síndrome de underground. Aquele sentimento egoísta e levemente ridículo de ser o único mortal a conhecer determinada banda/artista. Era como se “Wonderwall” e tantas outras músicas da banda pertencessem somente a minha pessoa. Mas, graças a Deus, eu aprendi que ser fã de verdade não é querer ter algo bonito só pra si mas ao contrário, é querer compartilhar aos quatro cantos.

Hoje assistirei ao meu ex-Oasis favorito: Noel Gallagher. Ele fez um álbum solo tão incrível que supera qualquer bobagem que venha a declarar para os jornalistas. Você abstrai as falas e foca apenas na música. Sem dúvida, é um dos melhores álbuns dos últimos tempos esse “Noel Gallagher’s High Flying Birds”. E se você não concorda, releve por obséquio. Aqui quem vos fala é uma fã desde os tempos da melancolia estudantil, dos tempos em que os dramas giravam em torno dos livros de química e de todas aquelas equações gigantescas…

“Ride The Tiger” é uma espécie de curta, formado por três clipes e cenas inédias. São eles: “If I Had A Gun”, “The Death Of You And Me” e “AKA…What A Life”.  Uma boniteza daquelas!

  • http://cafila.org Rodrigo

    Sempre foi uma das minhas bandas preferidas. Ouvi o (What’s the Story) Morning Glory? até gastar. Lembro que viciei em dois cds nessa época: esse e o Jagged Little Pill, da Alanis. O da Alanis foi moleza comprar, mas o do Oasis tava esgotado em todo Rio. Lembro de quando meu pai chegou com ele em casa… tava sentado no chão da sala, jogando videogame com o Junior. Ouvia o cd todos os dias, mais de uma vez.

    Desde então o Noel se tornou um dos meus guitarrista e compositores favoritos no rock n’ roll. Pena que não poderei ir hoje. Aproveite bastante :)

    • http://sempickles.com/ Raquel

      Acho que todos os adolescentes da nossa época eram viciados em Oasis e Alanis. E muitas outras coisas que fizeram parte da nossa formação musical. Que saudade! :)

  • http://blog.tzaum.com tony

    Obrigado por me lembrar de ir atrás desse álbum! A primeira vez que ouvi “The Death Of You And Me” foi uma pausa no meu dia, aquela coisa de “pqp, que melodia é essa?”… Wonderwall é a minha “lembrança-síntese” de todo o ensino médio… nunca fui fã de oasis, mas sempre respeitei, principalmente por causa dessa música!

    e do post anterior, o nyan ficou lindo… mas compartilharia o desejo de matar quem fez!