Archive of ‘música’ category

Lollapalooza Brasil: confira os horários dos shows

Lollapalooza Brasil | Maionese

Tá chegando, galera. Mais uma edição do Lollapalooza Brasil está prestes a começar. Mais precisamente, no próximo fim de semana, o famoso autódromo de Interlagos sediará dois dias de muita música para todos os gostos.

Muita gente não se animou tanto pra edição desse ano – nota-se pela quantidade de ingressos ainda disponíveis para a edição 2014 – mesmo trazendo Muse como um dos headliners do festival. Lembro que comprei os ingressos meio que no desespero pois Arcade Fire e New Order eram dois nomes confirmados. Infelizmente ambas as bandas, que eu queria tanto ver, tocarão no mesmo dia e horário, para a tristeza dos fãs.

Bom, dizem que Interlagos fica no fim do mundo então é preciso se organizar bem em relação a transportes. De acordo com a página do Lolla no Facebook, haverá um esquema organizado especialmente para o evento. Ônibus, trens e táxis são os principais meios para chegar na região.

Sobre a programação, é aquele drama de sempre: como dar conta de tantas atrações em apenas dois dias? A gente acaba sacrificando um show ou outro. Ainda não gravei o horário de tudo portanto volta e meia recorro às imagens abaixo para me organizar mentalmente – sei que na hora será aquele samba do criolo doido. Vem ver:

Lollapalooza Brasil | Maionese

Lollapalooza Brasil | Maionese

Lollapalooza Brasil | Maionese

Lollapalooza Brasil | Maionese

Aliás, o trabalho que vem sendo feito no Facebook tá de parabéns. Informações divulgadas a todo momento, aquecimento com clipes e curiosidades dos artistas… É impossível não se empolgar! Mais uma vez volto a SP para me divertir um bocado! Te vejo lá? ;)

Como foi o show do Metallica em SP – 22/03

Metallica 2014 | Maionese

No fim de semana passado, estive em SP – uma cidade que gosto muito de visitar pois é sinônimo de diversão. Quando comprei as passagens, aliás, o motivo era assistir ao show do Metallica, que rolaria somente em SP, como parte da turnê Metallica By Request (que consiste em um show onde as músicas tocadas são escolhidas pelos fãs >> aqui você vê como foi a votação no Brasil).

Porém, para minha tristeza, os ingressos estavam esgotados no ato da compra.
Fuen pra mim.

Porém, quem tem fada madrinha tem tudo, não é mesmo? Fui surpreendida no sábado, minutos antes do show, com uma chance de conferir meu 4º show do Metallica em 4 anos (nunca vou esquecer desse dia aqui). Nunca tomei um banho tão rápido. Táxi, me leve ao Morumbi!

Bom, eu poderia fazer (mais) uma resenha… mas deixo vocês com as seguintes leituras:
- Whiplash.net
- Tenho Mais Discos Que Amigos
- MetalConcerts.net

Por outro lado, compartilho nesse post imagens que falam mais do que qualquer coisa:

Metallica 2014 | Maionese

Metallica 2014 | Maionese

Metallica 2014 | Maionese

Metallica 2014 | Maionese

Metallica 2014 | Maionese

Metallica 2014 | Maionese

Choveu, fez frio, morri de fome… mas foi maravilhoso! Por uma vida mais cheia de sábados com show do Metallica, sim?!

Setlist
Battery
Master of Puppets
Welcome Home (Sanitarium)
Fuel
The Unforgiven
Lords of Summer
Wherever I May Roam
Sad but True
Fade to Black
…And Justice for All
One
For Whom the Bell Tolls
Creeping Death
Nothing Else Matters
Enter Sandman

Whiskey In The Jar
The Day That Never Comes
Seek & Destroy

Crédito das imagems: Facebook Metallica.

Led Zeppelin relança CDs consagrados

Led Zeppelin | Maionese

Na quinta-feira passada, 13 de março de 2014, o Led Zeppelin divulgou uma novidade que deixou seus fãs muito contentes: os álbuns mais vendidos/consagrados da banda voltariam às prateleiras das lojas em edições especiais remasterizadas e com áudios nunca lançados oficialmente.

Isso quer dizer que a edição especial dos álbuns trará músicas inéditas. “LA LA” (inserida em “Led Zeppelin II”), “Jennings Farm Blues”, “Bathroom Sound” E “Keys To The Highway/Trouble In Mind” (alocadas em “Led Zeppelin III”). Pela primeira vez, as canções serão integradas à discografia oficial da banda.

Já a reedição de “Led Zeppelin I” virá turbinada com o registro ao vivo do show feito em Paris (10 de outubro de 1969), ano de lançamento do disco de estreia do Led. Deem uma olhadinha no que está sendo preparado com muito amor para os fãs:

Led Zeppelin | Maionese

Led Zeppelin | Maionese

Led Zeppelin | Maionese

Os álbuns serão relançados em edição digital e nos formato CD e LP. Aqui no Brasil, não teremos LP nem versão deluxe incrível mas já teremos dois produtos bem bacanas pra matar a vontade de Led Zeppelin!

Os 50 melhores álbuns de 2013 segundo a Pitchfork

Top 50 Pitchfork 2013 | Maionese

Adoro listas de fim de ano. Sejam retrospectivas, resoluções para o ano seguinte… São sempre interessantes pois fazem aquele balanço geral do que foi bom/precisa melhorar. Uma das listas mais legais que passei os olhos recentemente foi a dos 50 melhores álbuns de 2013 segundo a Pitchfork.

Fiquei assustada com a quantidade de artistas/bandas da lista que nunca ouvi falar. E olha que tô sempre pesquisando novos artistas e tal… Por um lado achei mágico que esse tipo de coisa aconteça com a gente, é como se um novo mundo se abrisse cheio de novidades prontas para ser exploradas por ouvintes vorazes.

Lógico que não me aguentei e tive que ouvir todos os álbuns apontados pela equipe Pitchfork como os melhores do ano. Aproveito para avisar que esse é um post longo pois traz 50 artistas e um comentário bem curtinho do que achei de cada álbum. Fiquei feliz por ver alguns nomes nessa lista tão concorrida e também por ter encontrado novas “paixões”, bandas que eu nunca tinha ouvido falar e que já estão habitando meu celular, me acompanhando na cozinha ou nas corridas. Chega mais!

(more…)

Smashing Pumpkins libera 5 vídeos do novo trabalho ao vivo

130325-billy-corgan

Alô, fãs do Smashing Pumpkins: cês tão sabendo que vem tem CD e DVD da banda saindo do forno, né? O presente pra gente se chama Oceania: Live In NYC.

smashing oceania

E já dá pra termos uma prévia do que vem por aí. A banda liberou 5 faixas pra gente já sentir um gostinho. São elas: “The Celestials“, “Ava Adore“, “Tonight, Tonight“, “Disarm” e “Bullet With Butterfly Wings“.

O CD/DVD foi gravado no Brooklyn, em Nova York, e traz a banda tocando o último álbum de estúdio, Oceania, na íntegra – além dos clássicos que arrastaram multidões mundo à fora. Vambora conferir cada faixa?

Assista The Celestials – Live At Barclays Center

Assista Ava Adore – Live At Barclays Center

Assista Tonight, Tonight – Live At Barclays Center

Assista Disarm – Live At Barclays Center

Assista Bullet With Butterfly Wings – Live At Barclays Center

Nota da autora: particularmente, não curti as versões. Tudo muito acelerado, vocês não acharam? Sem falar que a voz de Billy Corgan já não é mais a mesma. É, o tempo passou.

Mumford & Sons lança clipe para a canção Hopeless Wanderer

Mumford & Sons | Hopeless Wanderer

Novo clipe do Mumford & Sons na área. E quem assistiu certamente deu risada. Isso porque os integrantes  Marcus, Ted, Ben e Winston saem de cena e cedem lugar para que quatro atores deem sua versão do novo single da banda.

Jason Bateman de Arrested Development/Juno/The Kingdom interpreta Winston Marshall, Ed Helms de The Office/The Hangover é Ben Lovett, e  Jason Sudeikis Will Forte, que já fizeram parte do elenco de Saturday Night Live, assumem os papéis de Marcus Mumford e Ted Dwane respectivamente, e tornam-se Mumford & Sons no clipe!

Ed Helms, que interpreta Ben Lovett, resumiu a experiência: “Nos divertimos muito gravando esse vídeo e o produto final apenas confirma o que eu senti lá – ainda bem que somos uma banda fake. Somos muito agradecidos por sermos uma banda falsa bem sucedida. Foram anos de dedicação fake e um falso trabalho árduo pra chegar até aqui. E eu realmente acredito que somos a vanguarda da fraudulência desprezível.”

Brincadeiras à parte, o clipe é dirigido por Sam Jones, que já dirigiu o Mumford no clipe da canção Babel.

Assista ao clipe “Hopeless Wanderer”.

Release: Universal Music Brasil.

No iPod: Citizens! – True Romance

Citizens!

Há alguns meses, conheci o Citizens! graças ao Rdio. Fucei, fucei e descobri que o quinteto londrino foi apadrinhado por ninguém menos que Alex Kapranos – que produziu o primeiro álbum da banda, “Here We Are”. A banda foi apontada pelo renomadíssimo NME como “uma sofisticada e glamourosa fusão de David Bowie com Franz Ferdinand” e faz um som bem viciante. Pop bem feito, com vocal marcante, uma delícia!

Desde então, estou com o single “True Romance” grudado. Desafio vocês a ouvir essa música apenas uma vez. Além do mais, o clipe é bonito toda vida, love is in the air total.

True Romance

True Romance

True Romance

Dá logo play!

Citizens! – True Romance

Broken Social Scene no Jimmy Fallon

Após quase dois anos em hiatus, o Broken Social Scene deu as caras no programa Jimmy Fallon no comecinho do mês, para anunciar a apresentação histórica da banda no Field Trip Music & Arts Festival - festival organizado pelo selo do Broken Social Scene, o Arts & Crafts.

Field Trip Music & Arts Festival

E eu te digo por que a apresentação foi histórica: o BSS tocou o álbum You Forgot It In People INTEIRO, com a participação da Feist, que foi uma das primeiras vocalistas da banda. Pode chorar? No Pitchfork tem alguns vídeos mas caçando no YouTube você também encontra.

Mas voltando ao começo da prosa, os caras se apresentaram no Jimmy Fallon e cantaram dois hits da banda: “Almost Crimes” e “7/4 (Shoreline)”. Quer ver como foi? Dá play aí em baixo:

Assista: Broken Social Scene – Almost Crimes

Assista: Broken Social Scene – 7/4 (Shoreline)

Daft Punk para Saint Laurent + Random Access Memories

daft-punk-saint-laurent-1-600x600

 Não bastasse todo o burburinho que os robots Daft Punk vem causando, em torno do lançamento do novo álbum Random Access Memorieseles ainda tem um tempinho para estrelar a campanha da Saint Laurent.

Hedi Slimane, diretor criativo da famosa grife francesa, convidou alguns famosos para estrelar campanhas da marca. Dentre esses nomes, Thomas Bangalter e Guy-Manuel de Homem-Christo, mais conhecidos como Daft Punk.

Vestidos com o famoso Le Smoking em paetê preto e, lógico, seus inseparáveis capacetes.

daft-punk-saint-laurent-2-600x400

daft-punk-saint-laurent-3-600x400

daft-punk-saint-laurent-4-600x600

daft-punk-saint-laurent-5-600x600

E é com esse modelito que o Daft Punk retorna oficialmente à cena, como visto no teaser do single “Get Lucky” (que conta com a participação de Pharrell Williams e Nile Rodgers). Quer saber do que eu tô falando? Dá uma olhada aqui ou clicando no player abaixo:

Não deixe de assistir também a entrevista com Pharrell, contando como foi participar do novo álbum dos franceses. Clique aqui ou no player abaixo:

Via Trendland.

Regina Spektor faz show incrível no Rio de Janeiro

Regina-Spektor-1024x682

Há algum tempo eu queria conhecer mais “de perto” o trabalho da cantora, compositora e pianista russa Regina Spektor. Ao saber que a belezura viria ao Brasil para dois shows (SP e RJ), fiquei atenta. Após ler a crítica do show de SP, que foi interrompido no finalzinho por problemas técnicos, fiquei com mais vontade ainda. Os comentários eram mais que positivos, mencionando a timidez e o carisma da artista, sem falar da afinação de sua voz e do entrosamento perfeito com os músicos de sua banda.

E é exatamente isso. Mais ou menos 1h30 de show. Um palco simples, luzes jogadas na hora certa sobre cada um, “Regie” encantou ainda mais seus fãs e os entusiastas, como eu. Praticamente não conhecia as músicas mas era difícil não se empolgar com “Dance Anthem of the 80′s”, “Better” ou  “Folding Chair”. E como não se emocionar com suas baladas? Em “How”, vi alguns fãs indo às lágrimas.

Gostei muito da experiência de assistir ao show no Citibank Hall (RJ) sentadinha. E diferente do que aconteceu em outros shows, não havia mesas, apenas cadeiras enfileiradas, como se estivéssemos em um teatro. O público se comportou super bem, com exceção de alguns fãs mais calorosos, que gritavam entre uma música e outra o quanto amavam a cantora (e ainda soltaram um “toca Raul”). Durante o bis, todos levantaram de suas cadeiras e foram lá pra frente, cantar os maiores sucessos da artista. “Us” (que fez um sucesso danado por causa de “500 days of Summer”), “Fidelity”“Samson” e “Hotel Song” fizeram o público cantar em coro.

O setlist do Rio ficou assim:

  1. Ain’t No Cover
  2. The Calculation
  3. On the Radio
  4. Small Town Moon
  5. Ode to Divorce
  6. Patron Saint
  7. How
  8. All the Rowboats
  9. Blue Lips
  10. The Prayer of François Villon (Molitva)
  11. Call Them Brothers
  12. (with Only Son)
  13. Dance Anthem of the 80′s
  14. Better
  15. Don’t Leave Me (Ne Me Quitte Pas)
  16. Ballad of a Politician
  17. The Call
  18. Oh Marcello
  19. Sailor Song
  20. Folding Chair
  21. The Party

Bis:

  1. Us
  2. Fidelity
  3. Hotel Song
  4. Samson

Regina Spektor What We Saw From The Cheap Seats

Já estou escutando o álbum mais novo via Deezer e estou curtindo muito. Tão bom quando saímos de um show encantados, né? Parabéns, Regina! You rock!

No iPod: Robyn – Dancing On My Own

Girls

Recentemente, comecei a assistir Girls. É sempre um frenesi na minha timeline quando sai episódio novo, acabei ficando curiosa e panz, entrou pra minha lista de séries do momento. Aliás, eu nunca fui uma pessoa de “séries” mas atualmente tenho acompanhando algumas (conto pra vocês em outro post).

Então que eu tava falando de Girls. Uma das coisas que mais gosto são as músicas. O episódio tá acabando e de repente entra uma música maravilhosa. Isso acontecia muito com Daria (que eu AMAVA). Na época a gente não tinha a facilidade pra catar quem cantava. Hoje eu vou lá e coloco meu Shazam na frente do notebook e voilá, encontro a música. Mas pera, esse não é um post sobre Girls.

E foi assim que eu “conheci” Robyn. Na verdade, eu já conhecia ela, quem não lembra dessa música aqui, minha gente? Enfim, se você continua sem saber de quem estou falando, Robyn é uma cantora sueca que emplacou um hit desses grudentos nos anos 90. Mas seria muito ridículo da minha parte resumi-la a isso. Em meados dos anos 2000, ela finalmente conseguiu mostrar ao mundo que era muito mais do que um rostinho bonito.

Em 2005, ela emplacou mais um hit: a canção With Every Heartbeat, que se tornou hino de clubs pelo mundo. Quando ouvi aquele synthpop, soltei um “mermãããão, que que é issoooooo?” achando extremamente foda. Me lembrou a soundtrack de Drive, que é maravilhosa e incrível. Daí quando o Shazam me disse que era Robyn pensei “WHAAAAAT”. E daí comecei a ouvir a canção sem parar…

Meu sonho ter um cabelo assim!

Meu sonho ter um cabelo assim!

Se vocês tiverem um tempinho, façam o favor de assistir ao clipe abaixo. Não sei o que amo mais: as dancinhas loucas, as roupas ou o cabelo dela.

Fiquei tão vidrada nessa música que cacei praticamente todas as versões dela no YouTube. E a que eu mais gostei foi essa acústica maravilhosa:

Achei incrível como eles fizeram uma versão voz e piano tão linda de uma música super pista. Aliás, que voz! Sem falar que você sente a “dor” dela, né? Tô apaixonada.

1 2 3 11