Browsing Category

música

Demi Lovato
música

No iPod: Demi Lovato – Cool For The Summer

Essa música precisava vir pro blog por motivos de “vício”. Nunca fui “Lovatic” (apelido dado aos fãs da Demi Lovato) e só fui conhecer a belezura quando trabalhei na Universal Music. Fiquei assustada como os fãs são apaixonados por ela, tipo seguidor mesmo. Por outro lado, era muito divertido fazer qualquer ação com eles, pois ajudavam muito a gente. Enfim, o tempo passou, Demi virou jurada do American Idol, fez campanhas incríveis a favor do “ame você mesmo, do jeitinho que você é”. A gata virou um mulherão.

E ela mostra toda essa atitude e amadurecimento no single Cool For The Summer. Fico só imaginando essa música tocando no verão do hemisfério norte, tipo hino. Me sinto “xóvem” com ela (RYSOS). Solta o som, DJ!

assista Cool For The Summer

acompanhe o maionese por aí:

curta o blog no Facebook siga no Instagram acompanhe os tweets snapchat: hackelz

Maionese no BEDA

música

No iPod: MUNA – Promise

Bem que o Cleber Facchi do Miojo Indie avisou: “indicado pra quem gosta de CHVRCHES, Katy Perry e Lorde”. Mistura inusitada, né? Mas é bem essa a vibe do trio norte-ameircano MUNA, que faz um som repleto de sintetizadores, uma voz marcante e forte, melódica e nostálgica (me lembrou HAIM em alguns momentos, com Robyn).

Acrescente às referências citadas no começo do post uma dose generosa de pop dos anos 80. Já ouvi “Promise” umas 4x essa manhã e acho que vocês deveriam ouvir também:

Por enquanto, só é possível ouvir o trabalho delas no SoundCloud. Ansiosa por mais canções!

Spotify Running. Mais em http://sempickles.com/maionese.
música, run forrest run

Novidade na área: Spotify Running

Spotify, seu danadinho! Embora muitos corredores gostem/prefiram correr sem música, confesso que pra mim ainda é dureza abrir mão dos fones de ouvido pra treinar. Sinto que tem horas que atrapalha ouvir uma playlist “equivocada” (exemplo: se o treino é mais moderado e você ouve um rock rapidão, não tem jeito, vai querer correr feito louco e aí, tchau treino). Por isso, achei tão bacana a tal Spotify Running.

Spotify Running. Mais em http://sempickles.com/maionese.

Spotify Running. Mais em http://sempickles.com/maionese.

Se você já é usuário/assinante do Spotify, já sabe como ele funciona. No caso do Spotify Running, é o seguinte: a plataforma identifica o seu ritmo de treino e toca as músicas certas para a corrida. Seja na rua, na piXXXta ou esteira , você corre ouvindo uma seleção especial de músicas favoritas ou então músicas novas.

Tem até um videozinho pra dar um gostinho de quero mais:

assistir: This is Spotify Running

Por enquanto, a novidade está disponível para iOS, em breve no Android. Alguém já testou? Vou testar e depois conto pra vocês aqui no post.

acompanhe o Maionese por aí:

 curta a nossa página no Facebook  siga no Instagram  acompanhe os tweets 

música

No iPod: Phoebe Ryan – Dead

Achei uma delícia esse som da moça Phoebe Ryan. Encontrei por acaso no Spotify, logo tratei de pesquisar sobre a bonita e descobri que ela costumava compor e por incentivo de amigos, resolveu investir na carreira de cantora. Ela define seu som como “indie-pop”, senti de leve uma pegada meio anos 90, época em que ouvíamos cantoras de ~voz macia~ como Natasha Bedingfield. Ou Natalie Imbruglia <3.

Uma das músicas que mais gostei foi “Dead”. Pra ouvir, é só clicar no player abaixo:

Phoebe Ryan – Dead

Ela vem sendo apontada pelos principais veículos de música como “artists to keep an eye on it”. Já tem EP da Phoebe no Spotify e também algumas parcerias, onde a gente pode ouvir a voz doce da jovem cantora californiana. Em alguns momentos, sua voz me lembra a da Britney Spears, mas beeeem às vezes. Vou acompanhar.

música

5 músicas para o lip sync for your life

Você certamente já ouviu falar em RuPaul’s Drag Race. Há alguns meses, comecei a assistir pelo Netflix e foi um vício bizarro! Papo de matar a primeira temporada em pouquíssimo tempo, usando os bordões no meu dia a dia. Minha mãe, por exemplo, não entendia o que eu queria dizer com as frases mas nas redes sociais encontrei conforto, em grupos e com migos que também estavam assistindo loucamente, em temporadas mais avançadinhas até.

Em maio, o lindo grupo Rotaroots sugeriu o meme “5 músicas para o lip sync for your life”. PIREI! Explicando: RuPaul’s Drag Race é um reality show onde drag queens competem entre si para a eleicão da drag superstar. A prova de elimininação nada mais é do que um duelo onde as candidatas precisam dublar uma determinada música (lip sync) e é MARAVILHOSO! Pra vocês terem uma ideia, cliquem aqui por gentileza.

Eu amo um karaokê, como já falei aqui. Coloco pra fora a minha intérprete frustrada e sempre me divirto horrores. Achei que não ia conseguir escolher apenas 5 músicas e tal, então coloquei um bônus porque não dava pra deixar de fora. E escolhi apenas mulheres incríveis para esse post porque sim.

1. Whitney Houston :: I Have Nothing

Whitney Houston :: I Have Nothing

2. Carpenters :: Close To You

Carpenters :: Close To You

3. Nina Simone :: Don’t Let Me Be Misunderstood

Nina Simone :: Don’t Let Me Be Misunderstood

4. Blondie :: Heart of Glass

Blondie :: Heart of Glass

5. Celine Dion :: My Heart Will Go On

Celine Dion :: My Heart Will Go On

BONUS >> Kate Bush :: Wuthering Heihts


Kate Bush :: Wuthering Heights
.

Aposto que você tem uma seleção de musiquinhas pra fazer dublagem, hein? Qual seria a sua escolha para vencer uma competição com lip sync? Deixe as sugestões aqui nos comentários!

Este post faz parte do rotaroots, grupo de blogueiros de raiz que organiza blogagens coletivas e tenta manter a blogsfera viva. Se você se identifica com o projeto, vem com a gente clicando aqui.

música

No iPod: Lauryn Hill – MTV Unplugged No. 2.0

Acho que perdi as contas do quanto ouvi esse CD na minha vida. Eu tinha uma “coisa” com Lauryn Hill lá pelo começo dos anos 2000. Depois de viciar em The Miseducation of Lauryn Hill, passou um tempo e conheci o unplugged dela. Foi amor tipo instantâneo. A voz levemente rouca, marcante, cheia de sentimento, batiam “lá dentro” e foi paixão sim, daquelas bem avassaladoras.

Dia desses, no amigo Spotify, saí em busca de algumas coisas que eu ouvia antigamente e cruzei novamente com a Lauryn. Tirei a véspera de feriado com chuva para recordar essa maravilha musical. Numa época em que geral fazia ao vivo, veio a bonita e fez um trabalho espetacular. Destaque para I Gotta Find Peace of Mind. Apenas voz e violão em 9 minutos de uma canção carregada de emoção. E lágrimas. Que mulher, meu Deus.

he says is impossible, but I know is possible
he says is improbable, but I know its tangible
he says its not grabable, but I know is haveable
coz’ anything is possible
oh, anything is possible

Sabe o que é mais incrível? Ela lançou apenas dois álbuns solo. Meio que se decepcionou com a indústria fonográfica e seguiu sendo maravilhosa e independente. Hoje em dia, Lauryn – que agora se denomina Ms. Lauryn Hill – segue fazendo shows, cantando canções de seus únicos álbuns + covers. Quero um show dela tipo AMANHÃ, pode?

Lauryn Hill

acompanhe o Maionese por aí:

 curta a nossa página no Facebook  siga no Instagram  acompanhe os tweets