Browsing Category

www

photoadaychallenge
favoritos, inspiração, www

Desafio #photoaday no Instagram

Ano passado, resisti bravamente a todos os memes fotográficos que via pelos blogs. Alguns amigos participavam e eu dava o maior apoio, sempre comentando, incentivando o cara quando ele tava desanimado, esse tipo de coisa. Porque é aquela, no começo é sempre divertido até o momento em que você se pega pensando mais do que devia no que tinha que ser apenas divertido.

Vi o projeto da Ana Carol do começo ao fim e achei muito bacana o insight que ela tirou da brincadeira: é como se você pudesse montar por meio de pílulas do seu dia, um resumo do que acontece na sua vida, por 12 meses. Fiquei tão feliz pelas coisas que a Carô aprendeu que resolvi participar de algum meme em 2012. E como sou team Instagram, me apaixonei pelo #photoaday.

Logo nos primeiros dias do ano, vi as amigues postando loucamente a tag no Instagram e fui me informar do que se tratava. Daí a Juli fez um post bem explicadinho no lindo blog dela e pude entender como funcionava: todo mês, será divulgado um roteiro para a publicação das fotos. Quer dizer que em cada dia você deverá postar uma foto com aquele tema, tipo uma missão. Vai desde “o que rolou no café da manhã” até “o que você comprou hoje”. Achei a proposta bem bacana, porque é bem variado e não fica só naquela coisa “foto-carão”, sabe? E nessa coisa toda, você acaba conhecendo um pouquinho dos seus amigos e de várias pessoas do mundo (já que como no Twitter, você pode navegar pela tag e ver todo o conteúdo publicado naquele determinado assunto).

E eu resolvi que vou compartilhar aqui no blog, a cada semana, o que rolou no desafio. Pra ganhar tempo, vou postar os primeiros 15 dias. Depois as coisas entram em um esquema mais normal. Será que eu dou conta? São 366 missões, se parar pra pensar! 🙂

(pra saber o que cada foto representa, passe o mouse sobre a imagem)

Semana que vem eu posto os últimos sete dias.

OBS: pra quem quiser me seguir lá no Instagram, é só procurar por “hackelz“.

www

bonitezas da web: i always wondered…

Quantas vezes me peguei ao acaso perguntando a origem e o por quê de algumas coisas (desde as mais simples às mais complexas)?

Um belo dia, o norte-americano Jarrett Green resolveu fazer um blog com respostas às suas (minhas e suas) dúvidas e curiosidades. Assim nasceu o I Always Wondered!

Quando criança, eu sempre quis saber como é feito o macarrão. Achava que ele dava em árvore, nunca ia imaginar que era uma massa cortada em fatias fininhas.

Via swismiss.

bonitezas, www

monstrinhos nos seus livros

Essa dica vai pra galera que adora um livro (principalmente os que adoram ler vários livros ao mesmo tempo).

Aqui em casa volta e meia aparecem uns marcadores de livros super diferentes. Além dos convencionais, de papel, surgem uns com ímãs, fita de seda e tecido. Aliás, toda vez que compro algum livro aproveito para levar novos marcadores, daqueles que ficam em potinhos no caixa das lojas.

E tem de tudo, não é mesmo? Inclusive, marcadores fofos como esses daqui, de monstrinhos:

Essas fofurinhas você encontra a venda nessa lojinha online mas pra galera mais prendada não deve ser muito difícil fazer os seus próprios!

Via Holycool.

www

Como ajudar as vítimas dos terremotos no Japão

Para nós, brasileiros, era uma continuação do Carnaval ou um retorno às atividades pós-festejos “da carne”. Do outro lado do mundo, um desastre natural previsto, em um país onde a população é orientada desde sempre a agir de forma organizada em situações onde não há o que fazer. O que a gente assiste pela televisão ou pelos inúmeros vídeos que circulam pela internet é de uma tristeza sem fim. Não há culpados e não há o que fazer além do que já é feito: amparar feridos, sobreviventes, procurar desaparecidos, recolher as vítimas fatais que, aos poucos, aparecem.

Alguns canais de comunicação tem desempenhado papel fundamental no esclarecimento do que está acontecendo em tempo real, buscando manter a calma (se é que isso é possível) em um momento tão delicado. Os boatos são inevitáveis e o desespero toma conta de quem está por lá e dos parentes que se encontram em outros países. E o que nós, que estamos tão distantes disso tudo, podemos fazer?

O Myspace criou uma página especial que transmite o live streaming do canal NHK World, além de disponibilizar links para a Cruz Vermelha em diversos países (tais como o Brasil). Além disso, o Google também criou uma página que concentra informações importantes tais como telefones de emergência e contas para doação (Cruz Vermelha japonesa, Unicef…).

Mais uma vez, a Zynga também incluiu em seus principais jogos – Farmville e Cityville – produtos que, ao serem adquiridos pelos jogadores, são revertidos em doações.

Isso sem falar nos artistas internacionais, como Lady GaGa, que está comercializando uma pulseira com a mensagem “We pray for Japan” e revertendo todos os fundos às vítimas da catástrofe. Em menos de 24h, a cantora já arrecadou cerca de 250 mil dólares.

O blog Lost in Japan também está prestando um serviço sem igual, ajudando brasileiros a encontrar parentes e amigos nas regiões atingidas pelo terremoto. Também está divulgando postos de recolhimento de doação, bem como abrigos e itens que devem ser doados em primeira instância: cobertores e agasalhos.

É impossível se manter indiferente ao que acontece no Japão. Parece que as coisas perdem o sentido quando você está tão feliz por algo na sua vida e de repente vê que do “outro lado” há gente sofrendo tanto e que nada podemos fazer além de alguma doação ou oferecer algum apoio, conforto. Só nos resta divulgar informação útil e torcer (rezar, pensamento positivo, qualquer coisa) para que as coisas fiquem bem tão logo. Infelizmente, é o que podemos fazer.

CONTAS PARA DOAÇÃO

Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social

Banco Bradesco
Agência: 0131-7
Conta corrente: 112959-7

Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo
Banco Bradesco
Agência: 0131-7
Conta corrente: 131000-3

Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil
Banco do Brasil
Agência: 1196-7
Conta corrente: 29921-9

Associação Miyagui Kenjinkai do Brasil
Banco Bradesco
Agência: 0131-7
Conta corrente: 120459-9

bonitezas, design, www

the camera collection

Ultimamente, tenho compartilhado aqui no blog diversas ilustrações, infogramas dentre outros e o pessoal sempre curte. E não é só aqui, obviamente, que isso acontece, mas na web em geral. Basta ver o sucesso que os infográficos fazem por aí, o famoso “quer que eu desenhe”: ao invés de um texto gigantesco, desenhos geralmente seguindo uma linha cronológica, ou uma ideia.

Daí que encontro esse site: The Camera Collection.

A proposta do site é reunir ícones pixelados de câmeras e acessórios ligados à fotografia, para você utilizar onde quiser, gratuitamente (Creative Commons 3.0).

Fisheye, Polaroid e Holga

O trabalho é do designer Billy Brown, que reproduziu diversos modelos de câmeras analógicas e SLR. Uma fofura só!