Posts Tagged ‘belezuras da web’

filmes em pedacinhos

Essa é uma dica pra quem navega pelo Tumblr horas a fio e está cansado de cupcakes e fotinhos meigas:

Movies in Frames

Em quatro “tomadas”, um resumo do filme. Qualquer um pode montar o seu “movies in four frames” e enviar pro site. Tem tanta coisa boa que é certo se perder por lá por hoooooras a fio!

(more…)

belezuras da web: karla’s closet

Ela é linda, se veste maravilhosamente bem e me fez gostar de cabelos curtos.

Sem falar nos saltões que a mulher usa. Só coisa poderosa. Queria eu poder usar saltão… Mas pegando ônibus cheio, sempre correndo pra chegar no horário, nessas calçadas ferradas de pedra portuguesa…

Karla é musa inspiradora e esse é o blog dela.

cabide cool

Já foi o tempo em que suas roupichas ficavam em cabide de lavanderia (aquele de arame, geralmente azul).

Babem nesse aqui ó:

Tipos que eu olhei a foto no post do The Trendy Girl e levei um tempo para entender por que a blusa estava “voando”. Depois de uns minutos, percebi que se tratava de um cabide.

Amor eterno!

Os cabides foram desenvolvidos por um brasileiro chamado Mikael Dutra.

aprendendo todos os dias

Esse site já faz parte do meu Google Reader há algum tempo e acredito que o tenha descoberto nessa de compartilhar itens com os amigos. Aliás, já não consigo imaginar a vida (exageradaaaaaa) sem essa coisa de dividir pequenos carinhos e gracejos com pessoas durante o dia, mesmo que virtualmente.

Learn Something Every Day

E ainda dá pra fazer camisa com as ilustrações, escolhendo a cor e o modelo desejados (feminino ou masculino). Só não consegui encontrar no site restrições para entrega no Brasil.

E pra quem quer trocar links comigo, também ando pelo Delicious e Stumbleupon (conta meio que falecida, tem tempos que não atualizo por lá).

convites de casamento

E foi-se o tempo em que convite era aquela coisa toda convencional: letra dourada, papel branco, geralmente com marca d’água, nome dos noivos, cores sóbrias. Hoje em dia existem convites dos mais variados tipos: site, jogo online, cartaz ou mesmo o padrão, que vem no envelope, hoje ganha cores, texto diferenciado e faz meu coração apertado com vontade de querer casar logo!

E meu preferido…

Lindezas retiradas do 100 Layer Cake, seção de convites de casamento DIY (do it yourself – faça você mesmo). E tem mais inspiração aqui, ó:

Wedding Paper Divas

Thoughtful Day

Delphine

bonitezas para olhos e ouvidos: tycho

Vai viajar nesse feriado? Vai aproveitar pra descansar em casa mesmo?

Então segura isso aqui:

Também conhecido como ISO50, Scott Hansen, também conhecido como Tycho, é um designer norte-americano e produtor musical. O “pior” é que o cara manda bem nas duas modalidades. Babem nas capas dos álbuns do rapaz:

past is prologue

Past is Prologue

sunrise projector

Sunrise Projector

the daydream the disconnect

The Daydream/The Disconnect

the science of patterns

The Science of Patterns

adrift from home

Adrift/From Home

coastal brake

Coastal Brake

Para conhecer mais do seu trabalho, clique aqui.

bigodinhos

Quem tem/teve pai com bigode sabe como é: de manhã, na mesa do café, a espera ansiosa pelo “gole do pai”. Todo o leite/chocolate/café molhando os pelos, algo meio nojento mas muito nostálgico.

Daí que eu cresci admirando bigodes. Acho muito digno.

O designer Peter Ibruegger realizou o sonho de muitas crianças (hoje adultos) e fez canequinhas com bigodes incluídos, para todos os gostos.

mug1

mug6

(more…)

tirando o pó da estante

Esse post da Luma fez meu dia (que apenas começou).

Semana passada chegaram uns 5 livros lá em casa, alguns da faculdade, outros “normais”. É aquele drama sempre, né: onde acomodar os novos filhotes?

Lá em casa tem uma estante de livros que há uns anos atrás comportava tudo muito bem (os meus, da minha mãe e meu irmão). Passados alguns anos, a situação é caótica. Resolvi, então, tomar uma atitude e selecionei aquilo que realmente queria manter comigo. Alguns livros eu simplesmente não consigo me desfazer por questões sentimentais. Fico imaginando o dia que darei o meu primeiro livro lido na vida pra minha filhota (ou filhote), o livro mais querido da faculdade, da escola, da adolescência…

Lembrança vai, lembrança vem, eu ainda tinha uma porção de livros na minha frente pra desapegar. Separei uma meia dúzia pro Trocando Livros, já que estavam em ótimo estado para trocar por outros. Outros eram didáticos ou específicos demais e eu resolvi colocar tudo numa sacola pra doar.

A Luma sugere algumas dicas para quem quer doar livros e não sabe como nem onde.

Também é possível recorrer aos sebos para trocar ou mesmo vender aquele livro que não te interessa mais. Exemplo: no primeiro período da faculdade, compraste toda a bibliografia sugerida pelo professor de Introdução à Sociologia (calouro é foda). Daí que você já se formou, já está no mestrado e NUNCA MAIS vai abrir aquele livrinho que te ajudou deveras mas que hoje apenas ocupa um espaço na estante, acumulando poeiras e ácaros. Por que não transformá-lo em um novo livro? O que não te serve hoje pode ajudar outrem.

No Centro do Rio de Janeiro existem uma quantidade sem fim de sebos que topam trocas e vendem aquela bíblia da Administração por um preço BEM mais em conta. No site Traça, que comercializa livros usados, novos, esgotados, raros e etc, há um Guia de Sebos no Brasil! Basta procurar pela sua cidade! O Estante Virtual também te ajuda nessa missão.

Falando em livros, hoje começa mais uma Bienal do Livro aqui no Rio. Mesmo esquema: no Riocentro, de 10 a 20 de setembro. E tem até Twitter (@bienaldolivro).

BienalRio_EUVOU

Então, fica a dica: nesse fim de semana, tire um tempinho para rever sua coleção. Vai que rola uma troca online? Com um amigo? Uma doação? Uma venda (sabe-se lá)? Renovar faz bem pro karma HAHAHAHHA valeu, Raquel.

blog day 2009

banner

O Dia do Blog foi estabelecido de forma informal para o dia 31 de Agosto. É o dia internacional do Weblog, Blogue ou simplesmente Blog.
Esta data foi escolhida porque seus números 31/08 se assemelham com a palavra Blog. Foi estabelecido que durante esse dia, blogueiros de todo o mundo deverão colocar uma mensagem aos seus leitores, apontando para cinco outros blogs que considerem interessantes. Assim seus leitores poderão descobrir novos blogs para serem lidos, divulgando os blogs pela internet.

Mesmo com a correria do trabalho/faculdade, eu tenho um tempinho pra dar conta das atualizações que pipocam no Reader. Indicar apenas cinco vai ser tarefa difícil mas vamos lá:

1 – Hello, Lolla

Fotos lindas, textos de uma sensibilidade ímpar. A “Lolla” saiu aqui do Brasil pra viver beeem longe, num lugarzinho frio, bucólico e cheio de belezuras!

2 – Plastic Fantastic

Escrito por várias melisseiras de plantão (dentre elas, minha querida amiga Aninha), é um prato cheio pra quem adora Melissa!

3 – Mão Feita

Tem esmalte da semana, esmalte das leitoras, novidades, cuidados com as unhas, dicas… Fora que o layout é lindo e tem várias amígolas queridas por lá (além do que, é um dos meus filhotes, um bloguinho que ajudo a cuidar)!

4 – EuQueru

Quero tudo de lá!

5 – Modalogia

Novidades e dicas de moda e beleza, tudo organizado numa interface fácil de navegar.

E vocês, o que me indicam?

9a Edição do #soumaisweb

Sábado rolou mais uma edição do evento #soumaisweb, promovido por Nino Carvalho, consultor em Estratégias, além de ser idealizador, coordenador e professor do curso de Pós-Graduação em Gestão Estratégica de Marketing Digital (o “cara” tem outros títulos e um currículo de dar inveja *invejinha boooa*). Foi a nona edição do evento, que já contou com a participação de feras em tantos assuntos englobados pela área.

Essa foi a minha primeira participação no evento e foi bem legal ver um auditório repleto de gente para um sábado de manhã. Tava sol, depois de tantos sábados nublados, chuvosos e o povo lá atrás de conhecimento (mentira, na verdade estavam esperando pelo vale-milkshake do Bob’s, que não deu muito certo, infelizmente – BRINKS). Além do que, foi uma oportunidade boa de encontrar alguns novos amigos feitos no Twitter e no blog.

Os debatedores eram Paulo Teixeira, do Marketing de Busca (além de referência no assunto no Brasil, pouca coisa, né?), Gustavo Loureiro (coordenador e professor do curso de Marketing Digital da Infnet), Robert Rodrigues (Gerente de Mídias Sociais da Agência Frog) e Sara Holoubeck (presidente da ONG Sempo), a grande surpresa da manhã, já que ela não estava escalada para participar da palestra e só enriqueceu – além de ser linda e super bem humorada. O moderador foi o meu colega de trabalho e “instrutor” no assunto Lula Ribeiro (Analista de SEO aqui da Módulo).

Passamos a manhã trocando muitas idéias sobre dois assuntos que para uma grande parcela da sociedade ainda é desconhecido. Se eu viro para a minha mãe e falo de SEO ela vai boiar terrivelmente e isso não é nenhum pecado, não é? Quando a gente para pra tentar entender do que tantos jornalistas, marqueteiros e tantos outros profissionais que lidam com web hoje em dia falam, vemos que não é nenhum bicho de sete cabeças mas simplesmente entender a melhor forma de dialogar com o cliente através do www. Por esse simples motivo, os profissionais estão investindo em capacitação no assunto.

Eu tinha muito interesse em ouvir o que alguns destes “novos” profissionais tinham a acrescentar sobre um assunto que, é claro, está cercado de superficialidades e modismos, o que pode ser nocivo à área. Posso dizer que gostei bastante da bola levantada pelo Robert Rodrigues, da Frog, que ressaltou o cliente como principal personagem nas estratégias de SEO e SEM, caso contrário, tudo vai por água abaixo! É preciso se preocupar em como o cliente pensa, o que ele procura, senão o resultado será um big, big FAIL.

Puxando para o lado mais técnico, também foi discutido a questão do uso do novo acordo ortográfico da língua portuguesa: como fazermos uso das novas palavras na otimização do conteúdo? Ignorar a existência do mesmo? Falar a “língua do povo”? Nessa hora o pequeno auditório do Ibeu Copacabana quase pegou fogo e no telão diversos tweets dividiam opiniões. Alguns favoráveis ao uso do português tabajara, fácil de ser encontrado nas buscas; outros incentivando o português correto pois é preciso incentivar a cultura, em vez do “emburrecimento”.

No fim das contas, a gente para pra pensar no lado humano na coisa: empresa quer vender, custe o que custar mas, até que ponto vai a ética nisso tudo? Escrever “aipode” nas palavras-chave para ser encontrado?

Resumindo: o debate foi além do discurso técnico e ganhou alçadas maiores, levantando as bandeiras culturais, éticas e morais do Marketing 2.0. Nota 10!

Apresentações dos debatedores no Slideshare:

Paulo Teixeira

Robert Rodrigues

Mais artigos sobre o evento:

PetroOnline

Notas Digitais

Tweets sobre o evento:

Só procurar pela hashtag #soumaisweb

1 2