Archive

blogs

Posts on blogs.

Tag: Know Your Blogger

Know Your Blogger | Maionese

Fui indicada pelas meninas Victoria e Leticia a participar da tag “Know Your Blogger” (algo como “conheça seu blogueiro”) e resolvi fazer diferente. Aproveitei para responder 11 curiosidades aqui no blog e como as meninas fizeram cada uma 11 perguntas, fiz um mix das 22 e selecionei 11. PS: gravei as respostas em vídeo mas sabe quando você não curte? Vi, revi… e no fim, achei melhor deixar quieto! Quem sabe um dia eu tome coragem!

Bom, voltando à tag, deixa eu explicar como funciona: liste 11 fatos sobre você. Depois, responda às perguntas feitas pela pessoa que te indicou a tag. Por fim, crie mais 11 perguntas e indique outros blogs para participar. Na hora de responder, aproveitei pra fazer uma ~historinha~:

1. Quando era criança, estudei em uma escolha chamada Snoopy. 2. Fui a primeira criança da turma a aprender a ler e escrever (éramos um grupinho de menos de 10 alunos, uma fofura só). 3. Minha mãe furou as minhas orelhas quando eu tinha 7 anos. 4. Não tive festa de 15 anos tampouco viajei pra Disney quando era adolescente. 5. A primeira vez que viajei de avião foi com mais de 20 anos. 6. Meu sonho era ser aeromoça. 7. Fiz curso de francês mas abandonei na metade. 8. Era pra eu ser professora mas nunca tive coragem de enfrentar sala de aula. 9. Já trabalhei como guia em dois palácios no Rio. 10. Uso relógio no braço direito. 11. Não gosto de comer cebola crua.

E agora, seguem as perguntas feitas pelas meninas:

1. Se a sua vida tivesse uma trilha sonora, qual seria?

Alternaria doses de melancolia com tosqueiras tais com pagodes, eurodance e aquelas breguices dos anos 80. Pra facilitar a visualização, criei uma playlist no Spotify. Só clicar aqui embaixo:


2. Qual música você ouviria para chorar no chão gelado?

Já que “tamos” falando de música, bora pra mais uma: With or Without You, do U2. TOTAL MÚSICA PRA CHORAR NO CHÃO, com a mão no coração e tudo.

3. Um clássico das entrevistas dos anos 90: quem e o que você levaria para uma ilha deserta?

Levaria meu mozão, porque né? Ai de mim que não responda isso… E junto com a gente, levaria algum instrumento musical. Pra fazer um sonzinho, pra não morrer de tédio e panz.

4. Neste Brasil dividido, de que lado você fica: bolacha ou biscoito?

oracao5. Supondo que o Orkut ainda exista e que você tenha um álbum chamado “Momentos”, publique qual seria sua foto de capa deste álbum.

know3 6. Qual filme te marcou na infância?

Meu pai assistia vários filmes de sci-fi e lógico que ele me traumatizou com alguns… Contatos Imediatos do Terceiro Grau é um deles. Nunca mais consegui comer purê de batata sem imaginar essa cena:


7. Qual personagem de filme você escolheria para ser por um dia?

Adoraria viver a Rachel (Cher) em Minha Mãe é uma Sereia.

8. Qual a frase que você colocaria em seu túmulo?

“Brownie com whey não é brownie.”

9. Qual sua foto de infância favorita? Poste!

know2
10. Com qual idade você acha que morreria satisfeito?

Se eu continuar nesse ritmo, posso viver mais 32 anos e morrer de boas.

11. Qual rede social você perde mais de 20 minutos?

Passo mais de 20 minutos no Facebook. Não porque goste. Não porque queira. Querer mesmo eu queria passar 24h no Pinterest. Aquela coisa meio “valendoooooo”, sabe?

Lanço aqui as 11 perguntas:

1. Se você pudesse viajar nesse exato minuto para qualquer lugar, qual seria o destino?
2. Item que nunca sai da sua bolsa/mochila?
3. Um prato favorito.
4. Do que você tem medo?
5. Sugira um livro ou um filme.
6. Você tem algum bichinho de estimação?
7. Compartilhe um “mico” com a gente (alguma situação que você já tenha passado).
8. Qual é a melhor hora do dia para um chá?
9. Uma música que não sai da sua cabeça.
10. Um “crush” impossível.
11. Açúcar ou adoçante?

Não vou indicar um determinado blog pois desejo que todo mundo que estiver com vontade brinque com a tag. Espero que vocês se divirtam como eu me diverti! :)

Publicado por

Um award + por que esse blog existe


One Lovely Blog Award | Maionese

Recebi da Ingrid Abbade, uma moça que conheci há algum tempo por conta de um outro blog, um award super fofo e bonitinho. O selo “One Lovely Blog”, indicado a ela por outra moça que tenho acompanhado por aqui, foi repassado também carioca Thamires Vasconcelos, do Lunettes. A Ingrid é uma querida, com quem eu tinha perdido contato por muitos anos mas graças ao mundo fantástico dos blogs, nós nos reencontramos e tem sido ótimo poder tagarelar com essa moça nos dias de hoje.

Antigamente, nos tempos do blog de várzea, blog moleque e travesso, dar um selo ou award para outro blog era muito comum. Uma forma gentil de retribuir o carinho de alguma blogueira ou de mostrar sua admiração com um determinado trabalho. E quando falo blogueira, falo sem o peso de hoje, carregado de opiniões. Achei que o tema proposto pelo selo seria muito interessante para o atual momento do blog, que já tem alguns anos de vida mas que passou por mudanças estruturais significativas nos últimos tempos. Aproveitei a oportunidade, então, para apresentar aos novos leitores que chegaram por aqui quem sou eu e por que escrevo o Maionese – Inspiração e Bonitezas.

As regras da “One lovely blog award” são simples: você deve agradecer a quem te indicou; responder as 11 perguntas propostas pela tag; indicar 11 blogs e avisar aos indicados (acabei indicando 12 porque não podia deixar alguns de fora).

#1 Por que decidiu criar um blog e quando começou?

Meu primeiro blog surgiu há muitos anos, mais precisamente no comecinho dos anos 2000. Eu devia ter uns 19, 20 anos, quando criei o meu primeiro blog, no falecido Weblogger. Depois de um tempo, acabei indo pro Blig e também tive um blog no portal do bairro onde moro, boa parte dos meus amigos de blog da época passaram por lá e eu acabei indo também. Então, pelas contas, essa brincadeira de postar já rola faz um bom tempo, né? Tô com 32 anos… Meu Deus, como tô velha! :P

#2 Quais benefícios o blog te traz?

O principal benefício, sem dúvidas, foi conhecer um tanto de gente legal em todos esses anos. Hoje em dia ainda falo com muita gente que conheci “lá atrás”. Lógico que nem todo mundo se manteve mas algumas pessoas viraram grandes amigos. Sem falar que meu primeiro estágio na área em que trabalho atualmente rolou muito por conta da minha experiência nesse meio. Devo muita coisa mesmo ao universo dos blogs.

#3 Qual é o post mais acessado?

O post mais acessado do blog é recente: o que fiz sobre músicas para cantar no videokê!

#4 Você usa as redes sociais?

Uso um tantão! Uma das que mais gosto é o Instagram, pois é como se eu pudesse mergulhar no universo particular de cada pessoa que sigo. Claro que às vezes é perigoso, aquele papo de sempre acharmos que tá todo mundo sendo mais feliz e só você que tá em casa comendo biscoito polvilho no sábadão… Mas ainda assim, curto. Também amo o Twitter.

#5 Como o blog tem evoluído?

Tenho sido surpreendida pelo número de pessoas que visitam o blog a cada mês. Ao mesmo tempo que acho incrível que mais gente esteja chegando aqui, me assusta um pouco, já que esse blog é muito mais autoral, tem muito mais a Raquel Arellano aqui. Mas eu gosto disso, viu? Acho gostoso! O bacana disso tudo é perceber que a faixa etária varia bastante, gosto de saber que acabo falando com meninas tão novas e também gente madura, e que não importa quantos anos você tenha ou quantas experiências já tenha vivido, há sempre espaço para questionamentos e sonhos.

#6 Já viveu algum fato importante por causa do blog?

Como eu disse lá no comecinho do post, foi graças aos meus blogs que consegui o meu primeiro estágio em uma agência digital. Acho que esse é um fato importante, ao lado de ter conhecido um tanto de gente legal nesses anos todos.

#7 De onde nasce a inspiração para escrever e continuar com o blog?

Vem da vontade de compartilhar as coisas que gosto com o mundo. Seja um livro, uma música, uma conversa fiada.

#8 O que você tem aprendido a nível pessoal e profissional esse ano?

Acho que 2014 tem sido o ano em que aprendi a ser mais compreensiva com o outro. Veja bem, não que eu não fosse… (rs) mas alguns acontecimentos me fizeram ter uma opinião menos radical sobre tudo e todos, procuro sempre entender um determinado ocorrido antes de bater o martelo pra uma determinada coisa. Ainda estamos em outubro mas acho que esse é o ano da compaixão pra mim.

#9 Qual é sua frase favorita?

De todos os tempos? Ihhh, que difícil. Mas acho que uma frase que gosto muito nesse momento é “A vida é um sopro”, do Oscar Niemeyer. É tão direta e objetiva, óbvia. A gente esquece o quão efêmero é tudo isso aqui, dando valor demais ao que não deve ter valor…

#10 Qual conselho você daria para quem está começando agora no mundo do blogs?

Meu principal conselho: faça tudo com muito carinho. Não só com o seu blog mas na vida. Antes de querer um blog acessado por multidões, pense no real objetivo desse espaço. Se ele é um recanto para trabalhar as ideias, compartilhar bonitezas, o faça desse jeito com amor. Se almejas resultados maiores, como um blog profissional, busque meios de chegar lá. Dá trabalho, o caminho é longo, mas com dedicação a gente chega lá! ;)

#11 O que os blogs que você vai indicar tem em comum?

São blogs feitos por “gente como a gente”, que dá um duro danado mas que ainda encontra um jeitinho de correr pro blog e espalhar amor por aí! ♥

Pale September

E agora, Isadora

Elvis Costello Gritou Meu Nome

Ana Carô (ex-Futricô)

Que Nem Limão

Pequenina Vanilla

Uma cadeira, por favor

Não Me Mande Flores

Salateando

Samba da Criola Doida

Bramare

Mais 20 Minutos

RUN, FORREST: conheça projetos que vão te ajudar a correr mais e melhor

Running

Há alguns anos tenho ensaiado me jogar de corpo e alma no universo das “corridas tudo” mas a cirurgia na perna me afastou dessa história toda. Aos poucos, com fisioterapia, fui voltando “ao normal” mas ainda não estou 100% – só Deus sabe quando as coisas voltarão a ser como eram. Mas eu sou brasileira e não desisto nunca. Com o ok do fisioterapeuta, ensaiei uma volta para as corridas e aos poucos fui voltando, voltando.

Ainda preciso de preparo e o que não falta por aqui é empenho. Boa parte dessa força vem de projetos de corrida muito bacanas que venho acompanhando desde então. Alguns não chegam a ser projetos mas portais consolidados no assunto. É impressionante como uma simples foto no Instagram às vezes te dá aquele impulso que faltava pra vencer a preguiça e ir pra rua treinar. Ou pra academia. Aliás, sempre que volto pra casa, suada e cansada, agradeço mentalmente a essas pessoas que sem saber me dão o incentivo necessário para insistir nesse projeto pessoal. Vem comigo conhecer quem é quem? :)

Divas Que Correm

>>> Divas Que Correm <<<

“Conheci” a Giselli Souza no Instagram. Acho que tava vendo um determinado perfil, daí alguém comentou dela, um “antes e depois” que me chamou atenção não pelo emagrecimento mas pela mudança que a vida tomou. A jornalista que decidiu correr para parar de fumar, hoje já coleciona medalhas e marcos importantes, como algumas meia-maratonas. Acompanho a Giselli e o Divas principalmente no Instagram, onde ela compartilha alguns de seus treinos, equipamentos que vem comprando e outras dicas.

Corre Mulherada | Maionese

>>> Corre Mulherada <<<

Conheci o Corre Mulherada pela Carô, uma querida amiga de SP que há algum tempo vinha ensaiando o debut no universo das corridas. Ela e mais outras amigas, cada uma com um perfil e motivação, resolveram se juntar e criaram o site, que é um dos projetos mais bacanas pra quem quer acompanhar o mundo das corridas. O que mais gosto no “CM” é poder ver gente como eu, que trabalha, estuda, não tem muito tempo mas que não quer abrir mão de uma vida saudável.

Endorfine-se | Maionese

>>> Endorfine-se <<<

O Endorfine-se é um projeto muito bacana criado por um amigo blogueiro das antigas, o Jósa. A gente se acompanhava pelos blogs pessoais e quando ele mudou radicalmente seu lifestyle, correndo para ter mais saúde, achei muito bacana e acompanhei tudinho. Além das corridas, Jósa e Bianca mostram seus treinos (geralmente corridas em terrenos com desnível e trilhas), além de compartilharem reviews e receitinhas deliciosas (essa pizza sem glúten tá na minha lista).

Corrida Urbana | Maionese

>>> Corrida Urbana <<<

O Corrida Urbana é comandado pelo Victor Wardi, que foi se apaixonando pelo universo da corrida de rua ao decidir ter uma vida saudável (ele praticava bodyboarding na adolescência mas acabou deixando de lado com a rotina do dia à dia). Ele mora em Niterói e confesso que gosto de acompanhá-lo por estar sempre participando das corridinhas aqui no Rio – isso me deixa ainda mais motivada, já que eu moro aqui. Além das corridas, ele também faz reviews de tênis e outros acessórios que nos ajudam a melhorar nosso desempenho e, consequentemente, conquistar nossas metas.

E vocês, indicam algum projeto em especial? Comenta aqui embaixo! :)

Publicado por

Coisas Que Amei: 09/06 a 14/06

Coisas Que Amei | Maionese

O nome desse blog devia mudar para ‘posts atrasados’. É tanta coisa acumulada por conta do tempo corrido x férias x Copa do Mundo que olha, não tá no gibi. Em todo caso, o post de hoje traz aquele clipping maroto de coisas que gostei por aí. Tem ensaio fotográfico, produtinhos legais e bonitezas – como o ensaio da Elle Fanning.

- O Zé Carioca é um dos personagens mais fofos de todos os tempos. E nesse clima de Copa do Mundo no Brasil, é claro que ele seria uma das figuras mais comercializadas nos mais versáteis produtos. Vai de caderno a chocolate. Uma lindeza só!

- E mesmo nesse clima de Copa tá tendo muita festinha junina, viu? Quer dar uma incrementada na decoração da sua? O Casa de Colorir disponibilizou um tutorial pra você fazer umas bem bonitas, mantendo o clima de Brasil no Mundial!

- As Havaianas lançaram mais uma linha AMOR de sandálias! São novos modelos da Coleção Disney, cada uma mais linda que a outra. Toda vez que vou na loja trago um par novo pra casa, impressionante como a gente fica seduzido por esses chinelos.

- Acho Elle Fanning linda num grau absurdo. A carinha de menina, aquele sorriso nos olhos, o sorriso em si que é farto (aquele que mostra todos os dentes, super sincero). Daí que a ASOS fez um ensaio com a boneca e tá tudo tão fresh, confortável e bonito que fiquei ainda mais encantada com ela.

- A série Anti Social Media, ilustrada por Jason Anstatt, é divertida mas também uma crítica aos nossos tempos. Quem nunca presenciou (sendo espectador ou personagem principal) uma situação onde o silêncio imperou enquanto todos conferiam seus celulares (Instagram, Facebook etc)? Como tudo na vida, há a parte boa e também a parte ruim. Equilíbrio tá em saber dosar, sempre.

- Quem disse que não dá pra ficar cheia de estilo e torcer para o Brasil? A combinação verde e amarelo não é muito comum para o dia a dia (sem que a gente pareca ufanista) mas dá pra fazer um samba bonito com as cores em peças bonitas. E a FARM é campeã nesse quesito, né? Como hoje em dia a loja anda meio cara, dá pra pelo menos se inspirar nas combinações e adaptar algumas roupas pro bolso de cada um.

Publicado por

Coisas que amei: 06/04 a 12/04

Coisas Que Amei | Maionese

Maaaais uma novidade aqui no bloguito. Resolvi criar uma nova categoria, que será publicada todo domingo. Batizei de “coisas que amei na semana”. É uma forma de compartilhar com vocês o que mais chamou a minha atenção “por aí”. Simplesmente amo quando vejo esse tipo de post nos meus blogs favoritos, pois é como se eu pudesse me aproximar ainda mais de quem escreve. Entendem a vibe?

Sem falar que é uma forma de divulgar ainda mais as coisas que achamos legais. Chega mais, Braziw:

- A Bia Lombardi, minha xuxuzinha amada do lindo Bramare, traz sempre dicas muito boas pra deixar o cantinho mais aconchegante e com a “nossa cara”. Essa semana, ela compartilhou um DIY dos bons, ensinando a customizar pallets para usar de mesa de centro. Confesso que tive vontade de ir atrás de um urgente!

- O abraço mágico entre Courtney Love e Dave Grohl. Gente, se até esses dois fizeram as pazes… cê tá esperando o que pra perdoar aquela tua amiga que usou sua jaqueta sem pedir emprestado? Vi a notícia no TMDQA.

- No Apartment Therapy essa semana, rolou um post bem útil pra quem tá desesperado sem saber como limpar/organizar a geladeira em menos de 30 minutos. É tão simples e rápido, tenho certeza que você vai parar de enrolar essa tarefa por aí.

- Cês lembram daquele desenho animado que passava no SBT, “Jem e as Hologramas”? Apenas que eu AMAVA esse desenho, já me batia uma vontade de ser rock star desde moleca – pena que desencantei na adolescência, por ser tímida demais. Enfim, fiquei em choque quando descobri que esse desenho lindo vai virar filme. A Lia, do Just Lia, fez um post falando sobre o elenco ideal para o filme, achei divertido.

- Maravilhosa a Run Therapy, campanha lançada pela Puma com foco nos corredores de rua. Certeiros na hora de pegar de jeito os apaixonados por corrida de rua. Vamos lá: tem coisa mais deliciosa que correr ao ar livre? Sensação de liberdade, mesmo com todo o gás carbônico lançado pelos carros (HAHAAHAH). Vi no Update or Die.

- Tá com pregs de começar alguma atividade física? A Carol Guido, do GWS, fez um post delícia contando sua experiência com o Blogilates. É como se você tivesse um personal virtual, sabe? Achei bem bacana, principalmente pra quem tá com dificuldade de se motivar pra algum esporte.

Semana que vem voltamos com mais! :)

Publicado por

De onde eu blogo? #rotaroots

Rotaroots: de onde blogo | Maionese

Conheci o Rotaroots a partir de uma postagem da Victoria do Borboletando. O projeto é muito divertido e eu já reencontrei vários blogs que lia antigamente por causa dos posts no grupo. A ideia do Rotaroots é reunir gente que curte blogar como antigamente, aquela blogagem moleque, de várzea, dos tempos em que ninguém pensava em enviar brinde pra blog, muito menos se preocupava com pageviews e essas macaquices.

E como em todo grupo de apaixonados por blogs, tinha que ter uma postagem coletiva! \o/ Esse mês, forma sugeridos dois temas: o meme de onde eu blogo e a postagem coletiva coisas que não vivo sem. Achei legal mostrar pra vocês o meu cantinho, que é também o meu home office. É daqui que sai a maioria dos posts tanto do Maionese quanto do Gordelícias. Muitas vezes eu acabo trabalhando da sala, principalmente quando tá muito quente – visto que aqui no escritório não tem como colocar ar condicionado e só o ventilador muitas vezes não dá conta.

Dei até uma arrumadinha pra vocês, vem ver!

Rotaroots: de onde blogo | Maionese

Rotaroots: de onde blogo | Maionese

A mesa foi feita com uma placa de madeira que sobrou do armário do meu irmão. Quando pegamos o apê, grana curta, investimos no esquema “madeira + cavalete”. Caiu como uma luva! O tamanho deu certinho no canto aqui do quartinho de serviço. Ao lado da mesa fica uma outra mesinha onde coloquei a impressora e alguns papeis e arquivos.

Minha mesa tem um monte de canetas e material de escritório (clips, grampeador, fita adesiva). Na minha frente, uma cortiça que eu customizei (aqui ensino como fazer). É nela que coloco alguns cronogramas e planejamentos, além de fotos.

Rotaroots: de onde blogo | Maionese

Peguei uma luminária de Natal e fiz um varal de fotos da Instax Mini. Nessa foto não dá pra ver direito mas é o John deitado na cama!

Rotaroots: de onde blogo | Maionese

Rotaroots: de onde blogo | Maionese

Rotaroots: de onde blogo | Maionese

Acima, pedacinhos das prateleiras aqui do escritório. Tem fotografia, bibelô e outros elementos que dão o nosso toque ao escritório. É um dos cantinhos que mais gosto na casa, sem dúvida!

Rotaroots: de onde blogo | Maionese

Acima, uma parte dos meus livros de culinária. Eles ficam em uma mini-estante que coloquei aqui no escritório. A outra parte dos livros fica na estante maior, ao lado da sala. Qualquer dia mostro pra vocês.

E vocês, de onde blogam ou leem seus blogs favoritos? Me conta, vai?!