Posts Tagged ‘metric’

As mulheres do Broken Social Scene

Falta pouco pra uma das bandas mais fantásticas do mundo vir pro Brasil. E eu digo isso sem exageros (tá, um pouquinho só de quem é muito fã). Mas sabe por que? Porque tô falando de uma banda que “produziu” muita gente boa, que vocês provavelmente conhecem em suas respectivas carreiras solo.

Então, tô aqui pra falar da ala feminina do Broken Social Scene. Porque essa “ala”, meu amigo”, é sensacional!

Leslie Feist: a mais famosa de todas as BSS vocals. Na carreira solo, foi responsável por canções lindas e clipes divertidos. Com 4 álbuns lançados, ela está nos preparativos para o 5 álbum – “Metals” – que sai em outubro. No site oficial da cantora, estão sendo liberados teasers do que vem por aí. Aos poucos, ela vai liberando vídeos pra aquecer ainda mais o novo trabalho e encher os fãs de ansiedade.

Linda, linda!

Emily Haines: assim com a Feist, ela é uma das vocalistas mais conhecidas, seja em carreira solo ou no Metric. O mais legal é saber que mesmo com esses dois trabalhos, ela ainda excursiona com o Broken Social Scene, principalmente nos shows do Canadá.

Emily faz parte do BSS desde o início da banda e além disso sempre foi grande amiga de uma outra vocalista, a Amy Milan (de quem vamos falar logo mais).

OBS: Tem post do Metric aqui.

ela tem 37 anos, viu?

Lisa Lobsinger: já tinha falado da  Lisa nesse post, mais precisamente da banda da “bonita” – Reverie Sound Revue. Dona de uma voz doce e levemente melancólica, ganhou mais espaço no BSS com a saída da Feist e da Emily Haines. Além da voz, o cabelo da moça chama muita atenção. Sempre um penteado exótico, desses que você pensa “quantos grampos e laquê ela usou nessa escultura capilar?”

Lady Gaga feelings

Amy Millan: atual vocalista do BSS, seguindo em turnê com a banda (acredito que a dona Amy venha para os shows do BSS aqui no RJ e SP). Assim como as outras vocalistas, Amy também tem seus projetos paralelos: seja em carreira solo quanto na banda também conhecida Stars.

Além de todas essas moças citadas no post, outras vocalistas também passaram pela banda: Jo-ann Goldsmith (ex-mulher do front man Kevin Drew) e Julie Penner.

E escrever esse post só me deixou ainda mais ansiosa pelo show em novembro. Prevejo coisas lindas por aí. Quem topa ir comigo?

#musicmonday: metric – help i'm alive

Mesmo sabendo que alguns leitores desse blog são adeptos dos memes e brincadeiras que rolam no Twitter, devo dizer que eu não gosto, com exceção de uma: a #musicmonday.

É tão legal ver o que o povo seleciona como música preferida do dia, denotando seu respectivo estado de espírito e humor. Você sabe que o final de semana da criatura foi bom quando ela chega na segunda-feira com algo bombante na caixa de som – ou no fone de ouvido.

Chega a ser divertido tentar desvendar se uma pessoa está feliz, estressada, apaixonada, deprê através da sua playlist. Aliás, que fascínio temos pelo que o outro ouve. Eu pelo menos sou assim!

Entonces, a partir de hoje (era pra ser ontem), vou postar minha música da semana aqui no blog, toda segunda-feira. Ontem acabei deixando o post no Draft por conta da faculdade que está me consumindo até o talo. Vamos lá:

Metric, Help I’m Alive

Eu gosto de Metric graças à vocalista, Emily Haines. Conheci o trabalho dela graças ao Broken Social Scene, uma das minhas bandas preferidas. Eu acho que já falei de Metric aqui algumas vezes e certeza que já falei de Broken Social Scene. Ambos fazem parte da trilha sonora da minha vida (porque a gente sempre tem uma trilha sonora).

Essa versão acústica de Help I’m Alive ficou muito bonitinha e eu conheci através do blog do querido Tony. Aliás, vocês que gostam de música, vão lá conhecer o Tenho Mais Discos Que Amigos!