Browsing Tag

natal

conversas, www

[TAG] Meu Natal

A ideia era fazer esse post em vídeo mas devido a uma faringite que derrubou o meu ser nos últimos dias, ficou impossível falar sem cof tossir cof. Então fica adiado mais uma vez o debut em vídeo aqui no Maionese.

Porém, aproveito o embalo pra apresentar o novo layout do blog. Tá mais redondinho que o anterior, mais organizado e até o fim da semana vou reorganizar todas as categorias. Sinto que tem muita coisa embaralhada, o que deixa a leitura mais confusa. Ano que vem vou contar pra vocês uma novidade muito legal que vai empurrar esse cantinho aqui ainda mais pra frente. Aguardem! ;)

Bom, voltando ao assunto do post. A Ba Moretti fez um vídeo super fofo respondendo à tag “Meu Natal”, criada Verônica do The More That You Learn. A brincadeira propõe que a gente responda a 25 perguntas que tenham a ver com Natal. A noite propriamente dita. O que fazemos. Quantas piadas do tio do pavê ignoramos, essas coisas. Enfim, vamos lá!

1. O que você costuma fazer na véspera de Natal e no dia 25?

Desde que vim morar com o Pedro, geralmente passo o dia 24 fazendo alguma comida e quando dá mais ou menos umas 18h vou pra casa dos meus pais e vovó e jantamos por volta das 22h. Vovó dorme cedo e como meu irmão sempre vai pra casa da família da esposa, a gente adianta as formalidades. Assim, o Pedro também participa e depois encontra sua família em uma cidade vizinha. No dia 25 rola aquela jiboiada, né? Depois de tanto comer, rola uma pregs das comidas de Natal e a gente sempre recorre às sobras ou então uma pizza marota.

2. Qual é o seu filme natalino favorito?

Ai gente sabe que não sei? Esqueceram de Mim já deu né embora seja super Natal. Mas um filme que eu amo assistir nessa época é algum da trilogia Star Wars (a “primeira” parte da trilogia). Sei lá porque, sempre assisto com meu pai e a gente tece comentários estranhos.

3. E a sua música natalina preferida?

Passei dois natais morando nos EUA. Lembro que no primeiro foi uma puta deprê porque não tinha nem um mês lá, eu não tinha muitos amigos e simplesmente não havia ceia, porra nenhuma. Me juntei a uns gatos pingados, a gente assou um frango, comeu Pringles, uma bosta. Daí lembro que alguém tinha um CD de músicas natalinas e tocou essa do She & Him. Tá que aqui no Brasil não faz nenhum sentido essa BABY IT’S COLD OUTSIDE porque né, o calor é tipo o inferno te dando um abraço por trás. Mas essa música me lembra Natal:

4. Você tem uma comida de Natal favorita?

Tenho algumas. Rabanada, tender e bolinho de bacalhau. Tem que ter.

5. O que você mais gostaria de ganhar nesse Natal?

Gostaria de ganhar uma viagem para NY no outono/comecinho do inverno. <3

6. Você gosta mais de dar ou receber presentes?

Eu gosto muito de ganhar presentes e também de dar. O processo de escolha de um determinado presente, ou então de fazê-lo, embrulhar… adoro muito!

7. Você já passou o Natal na neve?

Como já falei aqui em cima, passei Natal na neve duas vezes. Inclusive tenho imagens somewhere nos meus arquivos de fotos. Mas deixo vocês com um vídeo:

8. Onde você gostaria de passar o Natal?

NY! <3

créditos da imagem: aqui

9. Sua família costuma decorar a casa? Quem fica encarregado das decorações?

Aqui em casa quem cuida da decoração de Natal sou euzinha. Mas quando morava na casa dos meus pais, minha mãe puxava o movimento e eu ajudava nos detalhes.

10. É época de Natal. O que você está lendo?

Estou terminando de ler um livro chamado Breakable, continuação de um chamado Easy – que rolou resenha aqui. Em paralelo, estou lendo Eleanor & Park.

11. Qual é o seu cheiro preferido no Natal?

Cheiro de chuva, típico daquele dia quente brindado com chuva de noitinha.

12. Você foi um bom menino/ uma boa menina esse ano?

Sempre!

13. O que sempre tem pra comer no Natal?

Sempre tem rabanada e panetone/chocotone.

14. Como você costuma se vestir na ocasião?

Como geralmente faz muito calor, procuro usar uma roupa confortável e que não seja muito quente. Ninguém merece fazer sauna no próprio look.

15. Você começa suas compras de Natal na Black Friday ou deixa tudo pra última hora?

Olha, vou te dizer que aproveito sim algumas promos da Black Friday pra comprar presente. Até porque, algumas lojas demoram uma vida pra entregar as coisas…

16. Você sabe embrulhar presentes? Você faz com gosto ou não?

Amo fazer embrulhos, tô sempre atrás de coisinhas e lindezas. Esse ano, investi pesado em papeis e furadores, meus familiares vão ganhar presentes lindos por dentro e por fora.

  17. Você sabe o nome de todas as renas do Papai Noel?

Não sei.

18. Você tenta espiar seus presentes antes ou prefere a surpresa?

Alguns acabo sabendo porque ganho antes ou meus pais perguntam o que quero. Mas gosto sempre de deixar pra saber na hora! <3

19. Você abre seus presentes na véspera ou na manhã de Natal?

Geralmente trocamos os presentes depois do jantar, porque minha avó dorme cedo.

20. Quando você descobriu a verdade sobre o Papai Noel?

Acho que bem novinha… não me lembro muito bem da ~magia~ do Papai Noel.

21. Qual o melhor presente de Natal que você já ganhou?

Um dos melhores presentes que já ganhei foi esse ano: minha primeira televisão na vida! Só minha! <3 Obrigada, mãe!

22. Você faz resoluções de ano novo? Você as cumpre?

A gente sempre acaba fazendo aquele “saldão”, né? Olha ~pra trás~ e vê o que não funcionou/funcionou pra caralho. E aí traça novas metas, corre atrás…

23. Conte uma história de Natal memorável.

Ano passado passei meu Natal a base de lencinhos e anti-alérgico graças à rinite. Mas deitei no sofá e comecei a assistir a história toda desde o primeiro filme. Foram seis filmes em três dias e vocês devem estar pensando “nossa, que Natal legal hein, doente e vendo filme” mas gostei muito porque tava com saudade de curtir o apê em que morei por 30 anos e foi como se eu pudesse voltar no tempo de alguma forma. Foi diferente, foi nostálgico e foi bonito. Sei que vou me lembrar daquele sofá com luz de pisca pisca na parede por muitos anos ainda.

24. O que torna essa época do ano especial para você?

Dezembro é um mês que gosto muito por anteceder o meu aniversário, que já acontece logo no comecinho do ano. É um mês em que escolho pra reorganizar as coisas: o computador, a casa, a papelada, a vida de um modo geral. Trabalho, amizades, relacionamentos… entra tudo nessa faxina. Sinto que o clima entre as pessoas também muda, mesmo com o desespero de compras e restaurantes lotados de amigo oculto e almoço da firma. Sinto que é meio “geral” a vontade de recomeçar, literalmente falando.

25. Sua coisa preferida no Natal?

Gosto muito da decoração de Natal. As luzes, os enfeites… mesmo com o nosso calorão e com a neve falsa (minha mãe usava algodão no presépio *RISOS*), curto tudo que deixe o Natal com cara de Natal. Por mim, deixava a árvore montada janeiro todo, afinal a gente tem um trabalhão arrumando, né? Menos de 2 meses é muito pouco!

Convoco a todos que queiram responder a tag que o façam – de preferência antes do Natal. Como já vi vários blogs-amigos participando, nem vou indicar. Sei que vocês já responderam/vão responder. No mais, desejo a todos um FELIZ NATAL! Não sei se apareço antes do Natal mas certamente darei as caras nesse recesso!

Decoração Natal | Maionese
decoração

Ideias para decorar a ceia de Natal

Há alguns anos divido a noite a ceia de Natal entre duas famílias (a minha e a do marido). Esse ano, vamos agitar um almoço e ceia mais cedo na casa dos meus pais, já que vovó dorme cedo e nunca aguenta esperar até a meia-noite.

Pra ajudar minha mãe com a decoração, recorri ao nosso amado amigo Pinterest em busca de referências. Compartilho com vocês algumas ideias bem simples e mais voltadas para o nosso país. Falo isso porque é lindo ver flocos de neve e outras coisinhas no Natal dos gringos. Mas, hellow, não tem nada a ver com o nosso clima e cultura. Que tal dar um toque mais brazuca? ;)

Para as comidinhas

Dicas de Natal | Maionese

O morango é uma mão na roda para fazer bolinhos e outras sobremesinhas com cara de Natal. Com um pouco de chantilly e uma pitada de paciência você obtém resultados incríveis!

arvore-comestivel

Essa árvore comestível é fofa e fácil de fazer. Podemos usar bolinhos de chuva, frutas cristalizadas, ovinhos de codorna… dê asas à imaginação! Fica super bonito na mesa de Natal e é bem prático na hora de servir.

cookies-natal

Biscoitinhos amanteigados são rápidos de fazer e as receitas geralmente rendem horrores. Uma sugestão bacana de presentinho, as crianças adoram! Para fazer os biscoitinhos, tem receita lá no Gordelícias!

talheres-meia

Que tal colocar os talheres dentro de meias de Natal? Um charme só, ainda mais se colocado em uma mesa com louça em cor discreta. Ideia simples!

Para decorar o ambiente

canela-vela

flores-velas

Adoro a luz que emana de velas. Essa ideia da canela certamente vai pintar aqui em casa. Já tô imaginando o aroma das ramas de canela se espalhando pelo ambiente. Cuidado ao usar deixar velas acesas próximas a materiais inflamáveis. Não queremos acidentes bem na noite de Natal, certo?

lacos-cadeiras

natal-adesivos

Não tem espaço para montar uma árvore de Natal? Uma ideia divertida é criar uma feita apenas com adesivos. Se tiver filhos, rende uma brincadeira bem gostosa.

star-lights

vasinhos-grama

Tem mais algumas ideias lá no board “Então é Natal“, no meu perfil do Pinterest.

PLUS: para decorar os seus presentinhos de Natal, que tal fazer as próprias tags? No Pinterest, encontrei vários arquivos para download, é só escolher o preferido e mandar bala!

baby5
bonitezas, música

No iPod: She & Him – Baby, It’s Cold Outside

baby3

Adoro esse clima de Natal. As bandas/grupos mais lindos entram no clima e fazem seus EPs especiais pra ocasião. O She & Him é um deles e fez um vídeo tão engraçadinho e fofo para a canção “Baby, It’s Cold Outside” que está no EP “A Very She & Him Christmas” – um álbum especial para o Natal, com 12 versões feitas pela dupla para canções clássicas de Natal.

A Very She & Him Christmas

Aliás, bateu uma saudade de Natal com neve. Passei dois na minha vida e posso dizer que é realmente lindo, é realmente tudo aquilo que a gente imagina quando é criança. Os dias escurecem mais cedo (por volta das 17h) e o clima frio + neve + luz baixinha faz toda a diferença. Mas já que estamos no Brasil, só nos resta beber muita água e suar na cozinha, assando o tender bolinha de Natal. E eu adoro! <3

baby2

baby5

baby4

Baby, It's Cold Outside

Assista ao clipe de “Baby, It’s Cold Outside” clicando aqui ou no player abaixo:

[youtube video=ZVz6TCT5Bjs]

 

charlie1
conversas

Conversinha de Natal

O Natal chegou e com ele vem sempre a certeza de que o tempo está passando rápido.

Há 12 anos, meus anos eram medidos com duas férias escolares e períodos de provas. Nas férias, a certeza de poder dormir até mais tarde e assistir aos filmes da Sessão da Tarde. Comer como se não houvesse amanhã também fazia parte dessa época, eu era tão magrelinha que mandava qualquer coisa pra dentro e o corpinho continuava em forma.

O Natal hoje tem outro significado pra mim. Aliás, a cada ano que passa, ele ganha mais peso e importância. Esse ano, será o primeiro Natal sem o meu irmão em casa – agora que ele é um homem casado. É também um momento de pensar sobre as conquistas de 2011. Porque, por mais que ao virar do ano eu continue no mesmo emprego (graças a Deus), com o mesmo namorado e morando (ainda) no mesmo lugar, é como se tivéssemos a oportunidade mágica de zerar certas pendências, fazendo votos para que o próximo ano seja ainda melhor.

A grande verdade é que a gente nunca vai saber o que nos espera nos próximos 12 meses. Mas é aquela: boa parte do que está por vir está sendo construído, a cada dia, por nós mesmos.

Amo o Natal não só pelos presentes mas pela oportunidade de ficar ainda mais próxima da minha família, mesmo que por uma tarde. Na cozinha, assando junto com o peru de Natal, a gente conversa e sempre passa um filme desde o dia em que eu comecei a lembrar de tudo e todos. Hoje, com quase 30, ainda lembro dos primeiros natais, com chuva, à espera do “papai noel” (que a gente sempre soube que não existia). E assim vieram os primeiros vídeo games, o ferrorama, a casa da Barbie e, mais do que isso, mamãe, papai e vovó juntos. Sempre juntos!

Minha infância foi muito marcada pelo Snoopy e, como toda criança, eu tinha os meus personagens favoritos. Um dos meus preferidos era o Charlie Brown, que sempre me chamou atenção por toda a melancolia e tristeza que aquele menininho sentia.

Eu era viciada no especial de Natal deles e mesmo com o passar dos anos, essa cena aqui nunca saiu muito da minha cabeça:

[youtube video=GPG3zSgm_Qo]

Charlie Brown nunca entendeu o espírito do Natal. E eu me refiro a “Natal” não como uma data religiosa ou comercial mas como um momento pra estar junto, uma pausa meio que obrigatória pra que as pessoas possam conversar e se curtirem. E eu vejo tantos “Charlie Browns” por aí…

Na dúvida, eu prefiro aproveitar a data pra desejar aos meus amados tudo o que não consigo fazer ao longo do ano, seja porque a gente “não tem tempo” ou porque acabou não rolando: amor, tranquilidade e serenidade para seguir o resto dos dias.

amor, conversas

feliz natal, pessoal!

Desde pequena tenho um Natal bem diferente dos natais de novela: aquela coisa cheia de gente, com MUITA comida, todo mundo mega arrumado trocando presentes. Família pequena tem disso, quem tem sabe como é. Hoje tô crescidinha e mesmo sem toda a pompa e “aplitude” das reuniões, o Natal tem, ainda assim, um significado todo especial. Talvez porque tenha passado dois natais sozinha, longe fisicamente dessa família que é pequena só no número de pessoas.

O que é o Natal pra você?

Pra muitos, é uma noite chata, onde as pessoas são obrigadas a ficar em casa fazendo média com tios e tias distantes. Pra outros, é um momento de reunião, de reencontro, paz e amor. Seja qual for o significado do Natal pra você, espero que seja um dia bom e especial. Fato que a sociedade pós-moderna transformou uma data cristã em algo banalizado, sinônimo de PRESENTE e COMILANÇA. Não fique triste se o seu Natal não teve nada disso, o Natal vai além de presentes, amigo oculto e rabanadas… ;)

Essa é uma mensagem que me acompanha desde a infância:

E repetindo a “velha máxima”: Natal é todo dia.

Feliz Natal pra vocês!